Pirâmide financeira: entenda porque esses crimes diferem do investimento em criptomoedas

Publicado por Vinicius Gazoni em

Entenda definitivamente porque pirâmide financeira e investimento em criptomoedas não são e nunca foram a mesma coisa. Saiba a diferença entre ambos e também como a lei protege quem investe em criptoativos.

Pirâmide financeira é algo que logo vem à mente quando se fala de investimentos arrojados e que fogem do tradicional. Ganhos rápidos, fáceis, sem esforço… tudo garantido. Essas promessas são comuns e até mesmo tentadoras, não é mesmo?

Todavia, esses esquemas criminosos e fraudulentos confundem as pessoas sobre quais tipos de investimentos – e também prestadores de serviço – realmente são confiáveis. Em um mundo com tanta informação, é fácil ter dúvidas em assuntos assim.

Mas, uma coisa precisa ficar clara desde o começo: investir em criptomoedas em nada tem a ver com pirâmide financeira. Este tipo de esquema, na verdade, pode estar atrelado a qualquer golpe que vise subtrair dinheiro de pessoas de bem. E nisso, temos diversos exemplos de atuação em segmentos distintos.

O intuito deste artigo é, além de esclarecer o que são esses esquemas, dar um panorama claro sobre o investimento em criptomoedas e como, de forma realmente segura e transparente, investir nelas.

Além disso, entenda definitivamente porque pirâmide financeira e criptomoedas não são e nem nunca foram a mesma coisa.

O que é pirâmide financeira? Precisamos falar sobre isso

Pirâmides financeiras, ou Esquema Ponzi, são estruturas formadas através da captação de clientes por conta de um serviço prestado ou alguma mercadoria vendida para justificativa de ganhos financeiros.

O esquema fraudulento e ilegal funciona da seguinte forma: são oferecidos, às pessoas, percentuais em cima da captura de clientes novos. Muitos chamam essa prática de marketing multinível. Como resultado dessa ação, lucros exorbitantes e imediatos são prometidos.

Depois de algum tempo, quem investiu, invariavelmente, não consegue recuperar os valores gastos e o esquema, assim, torna-se insustentável para as pessoas. Os donos da pirâmide, claro, ficam com todo o lucro.

Pirâmide financeira NÃO É investimento em criptomoeda

Com a popularização da internet para realizar basicamente qualquer tipo de ação, ficou muito difícil a identificação de esquemas fraudulentos. O universo de criptoativos (conhecido também como criptomoedas), assim como tantos outros, não ficou imune a isso.

Diversos criminosos vêm se beneficiando da desinformação das pessoas e destruindo muitos sonhos que elas têm. Sem o devido conhecimento acerca do mercado por parte de quem investe nessa nova tecnologia, muitas fraudes acabam se popularizando.

Criptomoedas, na realidade, não é algo tão novo (e aqui explicamos melhor). O Bitcoin, primeiro criptoativo, está completando quase uma década de existência.

A lei evolui para proteger o investidor

Atualmente há regulamentação que protege o investidor do mercado de criptoativos. Trata-se da Instrução Normativa 1.888/2019, da Receita Federal. Ela obriga os contribuintes a declarar as atividades de compra e de venda de criptomoedas (a Ubuntu Finanças tem sua atuação completamente enquadrada nesta normativa).

Isso evita a evasão fiscal e também lavagem de dinheiro – prática comum e recorrente no esquema de pirâmide financeira que abordamos no começo deste texto.

A legislação, claro, precisa evoluir. Por isso, existem alguns projetos de lei em tramitação no Congresso Nacional. Além disso, há um documento da CVM com instruções sobre as peculiaridades acerca do mercado – embora este não seja, diretamente, regulado por essa autarquia.

Seriedade, confiança e credibilidade: a Ubuntu Finanças no mercado de investimentos em criptomoeda

A Ubuntu trabalha com estratégias automatizadas para compra e venda de criptomoedas. Dividimos o lucro desta atividade com o cliente. Declaramos, também, mensalmente, todas as atividades realizadas.

Contamos com uma equipe fixa de colaboradores que são remunerados por suas atividades do dia a dia – e não pela captação desenfreada de clientes, que é como sobrevive um esquema de pirâmide.

A igualdade de tratamento dos clientes é princípio e filosofia do modo como trabalhamos. Ninguém recebe percentual maior por indicação e sim de acordo com o rendimento previsto dos produtos contratados.

Também orientamos os clientes da necessidade de declarar seus ganhos e, como boa prática, recomendamos a contratação de uma assessoria para manter-se em dia com o fisco.

Estamos localizados na Zona Sul de Porto Alegre e sempre à disposição para conversar e esclarecer quaisquer tipos de dúvidas – seja presencialmente, seja online.

Para conhecer mais sobre nós e como investir em Bitcoin e demais criptomoedas, clique aqui.

Obrigado e até a próxima!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 4 =