Como escolher uma Fintech para investir em Bitcoin? Veja 4 pontos de atenção

Publicado por Vinicius Gazoni em

Como Escolher uma Fintech para investir em Bitcoin

Escolher uma fintech para investir em Bitcoin é uma missão que exige alguns cuidados. Trata-se de uma tarefa importante e você precisa estar não só atento à reputação da empresa como ter claro quais são suas metas e objetivos com investimentos.

Opções, a bem da verdade, não faltam no mercado – assim como promessas de ganhos fáceis. Todavia, é preciso cautela para não cair em esquemas fraudulentos como são as chamadas “pirâmides financeiras”, por exemplo.

Acertar na escolha da fintech para investir em Bitcoins é pavimentar um caminho de crescimento e da realização de seus sonhos. Por isso, neste artigo, ajudaremos você nesta missão.

Saiba o que é Fintech, a importância de buscar uma empresa séria para investir em Bitcoin e também quais os pontos de atenção que você deve ter neste momento.

Boa leitura!

Primeiro de tudo: o que é Fintech?

Fintech é toda aquela empresa que se propõe a prestar serviços, de maneira inovadora, que tenham relação com seu dinheiro. Muitas vezes cobram taxas menores do que as instituições tradicionais e beneficiam-se da internet para atuarem.

As fintech buscam um serviço de excelência através da tecnologia de ponta e, por isso, conseguem diferenciar-se e crescer. Como exemplos de sucesso, podemos citar os casos da Nubank, PagSeguro e Certisign.

Essas empresas atuam cortando taxas abusivas, personalizam a entrega e, por ter a tecnologia dentro de suas operações, tornam todos os processos muito mais ágeis.

Assim, elas provam que os serviços pela internet, além de serem confiáveis, são extremamente eficientes e lucrativos.

Fintech de investimentos em Bitcoin: como escolher a melhor?

Outro tipo de serviço que vem crescendo e que é prestado pelas fintech são os investimentos em criptomoedas, como o Bitcoin. Muitas são as ofertas para se investir nesta moeda virtual. Contudo, é preciso ter cuidado na hora de escolher a prestadora de serviço.

Separamos, por esta razão, 4 pontos de atenção para você acertar na escolha e ter o seu dinheiro rendendo de forma inteligente e segura.

1 – Desconfie de promessas de lucros exorbitantes

Tabelar lucros de acordo com seu investimento ou captação de novos investidores. Criar categorias como “embaixador”, “presidente”… Tudo isso parece muito tentador em um primeiro momento. O imediatismo atrai e a promessa de lucro rápido e “fácil” também.

Todavia, entenda primeiro que investir em criptomoedas em nada tem a ver com esquemas fraudulentos de pirâmides financeiras. Segundo, fintechs sérias e que prestam serviço para investimento em Bitcoins jamais prometerão esse tipo de lucro.

Um serviço de confiança será sempre didático com o investidor. Deixará claro que a longo prazo é possível ser lucrativo e nunca irá atrelar seus ganhos à vinda de novos investidores.

2 – Leia bastante sobre a empresa e o que os clientes falam

O segundo ponto para escolher a sua fintech de investimentos é saber o que os clientes falam dela. Procure por prova social em sites, comentários em redes sociais, no Google. Consulte portais de avaliação de empresas também.

Seu dinheiro e seus sonhos são valiosos demais para você optar pela primeira prestadora de serviço que encontrar, certo? Pesquise, avalie o atendimento ao cliente e, aí sim: tome a sua decisão.

3 – Conheça bem seu orçamento, objetivos e o mercado que quer investir

Planeje-se bem financeiramente. Saiba quanto dinheiro você terá em mãos para investir e tenha claro também quais os objetivos você tem com os lucros que irá obter.

Isso fará você entender melhor qual fintech tem mais o seu perfil e qual tipo de investimento em Bitcoin lhe dará o retorno da melhor forma possível.

Da mesma maneira, estudar um pouco o mercado de Bitcoins dará mais segurança e conhecimento para entender como funciona o serviço e para esclarecer eventuais dúvidas quando você for atendido.

4 – Opte por empresas que valorizem as pessoas

Lucro é importante – e sempre será. Mas é fundamental que a fintech de investimentos em Bitcoin que você escolher valorize as pessoas. Que essa seja uma filosofia que se reflita no dia-a-dia de trabalho.

A transparência é indispensável – ainda mais quando se trata do seu dinheiro e dos seus sonhos. Escolha uma fintech que seja clara sobre os resultados e que mande relatórios para você.

Dica do CEO: a fintech deve variar as suas estratégias

Investir em Bitcoin demanda, além de muito conhecimento, uma variação de estratégias. Por isso, escolha a Fintech que diversifique suas ações. Mineração, arbitragem, lending e trading são estratégias diferentes para que o dinheiro renda de forma inteligente.

A Ubuntu Finanças é uma fintech que atua desta forma. Além de prestar conta aos investidores, ainda tem um fundo de cobertura, em Reais, alocado em um CDB com liquidez diária. Isso ajuda a estar preparado para qualquer problema ou emergência em relação ao mercado.

Saiba mais sobre como a Ubuntu Finanças atua, clicando aqui.

Até a próxima!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 1 =