Cuidados que você deve ter com o PIX

Publicado por daniela mainardi em

Uma pesquisa feita pela Visa mostrou que em 2020 cerca de 78% dos brasileiros deixaram de usar dinheiro físico. Sobretudo, isto aconteceu em decorrência da pandemia do novo corona vírus. Assim, para evitar contaminações por meio do contato com o dinheiro, muitas pessoas acabaram priorizando pagamentos por meios digitais. Porém, apesar deste aumento dos pagamentos por vias digitais, tais como criptomoedas, cartões e outros sistemas, o dinheiro físico continuará bem presente no nosso dia a dia.
Para aqueles que ainda usam com frequência o dinheiro físico, não há motivos para pânico. Isso porque especialistas dizem que ele ainda está longe de acabar, pelo menos no Brasil. Afinal, apesar do aumento dos pagamentos por meios digitais, existe uma boa parte da população que não faz uso deste tipo de pagamento.

Fique em alerta

Nesta onda de aumento dos pagamentos digitais, surgiu o PIX. Você, provavelmente, já escutou falar dele. Desenvolvido pelo Banco Central, o PIX será um novo meio de pagamento eletrônico. Assim, pessoas e empresas poderão realizar transferências rápidas 24 horas por dia, incluindo fins de semana e feriados. Porém, alguns especialistas alertam para a fragilidade na segurança do Pix.
O economista Beny Panes fez críticas ao novo método de pagamento. Ele afirma que o cadastro individual no PIX é muito simples para um país com os índices de criminalidade como o Brasil. Afinal, a população, de uma forma geral, não tem segurança para andar com um celular na rua.
Beny também fez menção ao aumento dos números de transações e pagamentos digitais durante a pandemia. Além disso, enfatizou que o número de golpes e fraudes digitais também aumentou.

PIX como isca

Vendo este aumento das fraudes digitais durante a pandemia, o PIX entra como oportunidade de isca para alguns criminosos. Apesar de o novo pagamento eletrônico nem ter sido lançado oficialmente, alguns e-mails falsos já estão circulando. Alguns criminosos fingem se passar por financeiras que oferecem links de cadastro para o PIX em suas plataformas.
Então, fique atento. As instituições financeiras que já estão realizando os cadastros, afirmam que este processo acontece diretamente no aplicativo ou site da empresa. Sobretudo, não de informações adicionais e não clique em links de e-mails suspeitos sem ter certeza da origem.
Tenha em mente que a evolução nos pagamentos digitais vem para nos beneficiar, mas é importante ter cautela com o seu dinheiro. Ainda que o PIX traga uma série de benefícios como agilidade e baixo custo, é importante ficar atento a como será sua atuação no mercado.


Você já nos acompanha nas redes sociais? Siga a Ubuntu Finanças no Facebook, Instagram e Linkedin e fique por dentro das novidades.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 2 =