Conheça seu perfil e trace objetivos

Publicado por Ariel Engster em

Nas últimas semanas falamos sobre como organizar suas finanças e começar uma reserva de emergência. Para que essas tarefas tenham sucesso, porém, é preciso definir objetivos. São eles que vão incentivá-lo a cuidar de suas economias e fazê-las crescer. Pode ser simplesmente se livrar das dívidas ou então começar um novo negócio. Não importa qual, o importante é ter um objetivo a alcançar. Com ele em mente, você poderá acompanhar seu dinheiro e revisar suas estratégias se for necessário. E, aqui, deixamos umas dicas de como fazê-lo.

Este é o momento de pensar nos seus sonhos e trabalhar para realizá-los. Mas, para iniciar, é preciso ser realista: seus desejos cabem no seu orçamento ou planejamento? Às vezes é preciso adiar um ou outro até estar com o bolso em dia, ou esperar algum tempo até juntar uma quantia suficiente para começar. E nisso a Ubuntu pode te ajudar, com planos que se adequam a diferentes sonhos e orientações de como tirá-los do papel.

Cada objetivo é diferente, tem suas próprias especificidades, e precisa ser traçado em particular. Afinal, organizar um casamento não é o mesmo que programar-se para um intercâmbio, comprar uma casa não é complementar a aposentadoria. Você também não precisa se dedicar somente a um sonho. Se o seu capital permite, é possível levar adiante projetos paralelos, mantendo assim mais de um plano da Ubuntu ao mesmo tempo – o que é bom, já que os especialistas recomendam diversificar a sua carteira.

Há produtos de curto, médio e longo prazo. A curto prazo, por exemplo, você pode planejar um acréscimo na renda, a médio a troca do carro e a longo um complemento da aposentadoria. Para ter uma ideia de como funciona cada um, você pode usar nosso simulador. Cada um vai ter um rendimento diferente, mas sempre é melhor do que deixar o dinheiro parado. Não é aconselhável, porém, optar por vários produtos com prazos parecidos: a variedade faz bem à segurança do bolso.

Na Ubuntu você encontra produtos com foco no curto prazo, como o liquidez e o mensal; médio prazo com o semestral; e longo com o anual. Para todos, porém, buscamos dar o máximo de segurança, fazendo a gestão de risco e a devolução integral do valor investido.

Diferentes pessoas, diferentes perfis

Antes de optar por um plano é importante conhecer o seu perfil, como você lida com o dinheiro e qual o risco que você aceita correr. É a partir dele que você poderá definir onde colocar seu dinheiro, qual plano se adequa mais a seu jeito, qual caminho seguir. Enfim, a direcionar seu dinheiro. Em geral, divide-se as pessoas em três estilos:

Conservador: procura menor risco e maior garantia de retorno. O ganho é menor, mas garantido. Procura liquidez, ou seja, resgatar a qualquer momento.

– Moderado: aceita correr algum risco visando um lucro maior. Varia entre produtos mais e menos seguros.

– Arrojado: aposta em ações de alto risco para obter maior renda possível, aceitando até mesmo eventuais perdas. Normalmente são pessoas que já conhecem o mercado, já têm uma reserva de emergência e não precisam de dinheiro imediatamente, mas podem esperar o melhor momento para resgatar.

O ideal é ser mais conservador quanto menor o prazo que você precisa do dinheiro. Isso não é imutável, porém. Com o tempo, você pode transitar de um perfil a outro, afinal sua renda e você também mudam a cada dia. Por isso, é bom analisar seu estilo periodicamente. E também pode mesclar mais de um com investimentos paralelos – diversificar, lembra?

Seja qual for a opção e perfil, é importante manter a organização. E, para isso, é preciso ter em mãos prazos e valores. O tempo que você pode esperar, quanto dinheiro você tem e quanto quer juntar vão influenciar no plano que você pode se adequar. Escolhido o produto, começa a dedicação ao sonho: manter na ponta do lápis suas finanças e se comprometer a respeitar o planejamento. Vai ser preciso deixar de consumir compulsivamente e analisar suas despesas. Isso será até mesmo um incentivo para se cuidar: na hora de gastar, lembrar dos planos para o futuro e a alegria que eles irão trazer.

Uma boa dica é montar um cronograma com suas metas e os passos até lá. Com ele, acompanhar sempre a movimentação da sua carteira. Não perca seu dinheiro de vista, não esqueça ele parado. Tenha sempre em mente como você quer que seu capital trabalhe em prol dos seus sonhos e mantenha-se atento. Se for preciso, reavalie suas estratégias. A negligência com o dinheiro pode ser decisiva para o descontrole financeiro.

Não deixe também de estudar o mercado. Gastar dinheiro às cegas é perigoso. Mais uma vez, a equipe da Ubuntu pode auxiliar nisso. Nossos assessores estão sempre disponíveis e não se deve ter medo de pedir ajuda. Contar com a sorte é um risco, o melhor é agir com inteligência. Uma boa forma de começar é lendo nosso blog, onde você encontra dicas de como lidar com seu dinheiro e fazê-lo crescer. E agora que você já conhece os diferentes perfis pode reconhecer o seu e começar a traçar seus objetivos – e contar com a Ubuntu para tirá-los do papel.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + catorze =