Brasileiros negociam quase 40mil Bitcoins em junho, aproximadamente R$4.4milhões

Publicado por daniela mainardi em

Brasileiros e o Bitcoin

Segundo o Cripto Fácil, os brasileiros negociaram em junho 18% a mais de Bitcoins do que no mês anterior, chegando, aproximadamente, nos R$4.4milhões. Assim, apesar das quedas do mercado, as negociações se mantiveram em uma crescente. Além disso, em comparação a junho de 2021, o volume movimentado de Bitcoin aumentou 6,64%, visto que naquela época o montante total foi de 37mil BTC.

México e o Bitcoin

A senadora do Congresso Federal do México, Indira Kempis propôs o Bitcoin como moeda legal em curso, segundo matéria do Coin Times. Conforme o projeto, o Bitcoin se tornaria moeda corrente no país e seria enquadrada na lei monetária do México. A senadora afirma que a intenção do projeto de lei é a democratização e inclusão da população, pois metade dos mexicanos não tem acesso ao sistema financeiro tradicional. “É necessário realizar ações para que o uso da tecnologia possa promover e garantir a inclusão financeira”, disse a senadora. Além disso, de acordo com Kempis, o fato de grande parte da população do México não ter uma conta formal, é porque não tem confiança nas instituições bancárias.

Mercado de criptomoedas na Índia

Segundo matéria do Portal do Bitcoin, depois da implementação de um imposto de 1% sobre todas as transações em criptomoedas no país, o volume de negociações caiu pela metade. Assim, o novo imposto sob as criptos está dizimando o mercado na Índia e fazendo com que as corretoras saiam do país. O imposto entrou em vigor no dia 1º de julho e está fazendo com que o mercado de criptos perca muita força no país. Além disso, em fevereiro deste ano, o Governo da Índia decretou que seriam taxados em 30% todos os ganhos com criptomoedas. Muitas empresas migraram para os Emirados Árabes Unidos ou para Dubai. Contudo, apesar dos impostos, não existe um processo claro e regulatório das criptos no país o que dificulta ainda mais a entrada de empresas.


Você já nos acompanha nas redes sociais? Siga a Ubuntu Finanças no Facebook, Instagram e Linkedin e fique por dentro das novidades.

Categorias: news

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − 9 =