Bitcoin nos caixas eletrônicos: parceria permitirá compra e venda de criptos em shoppings brasileiros

Publicado por daniela mainardi em

Criptos direto nos caixas eletrônicos

A empresa de caixas eletrônicos de criptos, Coin Cloud, anunciou parceria com a rede de shoppings brasileira BR Malls. Assim, segundo o Coin Telegraph, essa parceria vai permitir a instalação de 15 caixas eletrônicos em diferentes shoppings do país. O objetivo dessa parceria é conscientizar mais pessoas sobre as possibilidades das criptomoedas e também gerar mais confiança através de um meio tangível. “Os equipamentos físicos captam pessoas que não se sentem confortáveis em investir de forma totalmente digital ou ainda não conhecem as criptomoedas, como jovens que demonstram interesse por este mercado, mas não tiveram contato com o mundo financeiro”, comentou Isabela Rossa, gerente da Coin Cloud no Brasil. Além disso, os valores mínimos serão de R$10 para compra e R$50 para venda.

Empresa inglesa quer levar pagamentos com criptos para lojistas do Brasil

A multinacional, Coinpayments, quer ampliar os pagamentos em criptomoedas no Brasil. Segundo o Cripto Fácil, a empresa possui operações em 200 países e planeja levar os criptoativos para mais de 100 mil lojistas. Isso porque, segundo Rubens Neistein, gerente de negócios da Coinpayments no Brasil “O volume de transações [da companhia] na América do Sul saltou de 1% para 8% em relação ao nosso volume total nos últimos dois anos. E os brasileiros são responsáveis por 40% do mercado latino-americano [da Coinpayments]”. Além disso, segundo Neistein, em 2020, a empresa movimentou US$75 milhões no Brasil, mesmo sem ainda atuar diretamente no país. Assim, com essa parceria, a multinacional pretende aumentar em 30% o valor total das transações feitas por clientes no Brasil. Na prática, as lojas definem o preço em real para os produtos e quando o cliente for pagar pode escolher entre, boleto, cartões de crédito e criptomoedas.

Mastercard quer comprar empresa de criptomoedas

As empresas de pagamento seguem atrás das criptos. Visto que comentamos semana passada sobre a Visa querer implementar pagamentos com criptomoedas, agora é a vez da Mastercard. Isso porque a gigante de pagamentos planeja comprar a CipherTrace, uma empresa de inteligência de criptomoedas e blockchain. Segundo o Coin Times, o objetivo da CipherTrace é fornecer soluções de proteção contra lavagem de dinheiro e fraude envolvendo ativos digitais. Do mesmo modo, o objetivo da Mastercard em adquirir essa empresa é garantir segurança em um ambiente de ativos digitais. Assim, ficará mais fácil para a empresa fornecer transparência para os seus clientes em relação a pagamentos e investimentos envolvendo criptomoedas. “Os ativos digitais têm o potencial de reinventar o comércio, desde atos cotidianos, como pagar e receber, até economias em transformação, tornando-as mais inclusivas e eficientes. “, comentou Ajay Bhalla, presidente de Cyber ​Intelligence da Mastercard


Você já nos acompanha nas redes sociais? Siga a Ubuntu Finanças no Facebook, Instagram e Linkedin e fique por dentro das novidades.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 8 =