Bitcoin e prata são os melhores investimentos, afirma autor de “Pai Rico, Pai Pobre”

Publicado por daniela mainardi em

Bitcoin e prata tem vantagens

O autor do famoso livro “Pai Rico, Pai Pobre”, Robert Kiyosaki, declarou que o Bitcoin e a prata têm mais vantagem de investimento do que o ouro e o dólar. Isso porque, na opinião dele, ativos como ouro e dólar perdem força no mercado. Segundo uma matéria do Live Coins, Kiyosaki é fã declarado do Bitcoin. Ele afirmou que continua comprando mais criptos para evoluir e manter seu patrimônio já conquistado. Do mesmo modo, quando publicou seu famoso livro em 1997, Kiyosaki já defendia que a melhor forma de alcançar a liberdade financeira é através de investimentos. Além disso, ele também acertou a previsão de preço do Bitcoin, afirmando que a cripto bateria a marca dos US$50mil ainda em 2021.

Rede do Bitcoin pode ser a internet do futuro

Reinaldo Rabelo, CEO do Mercado Bitcoin, afirmou em entrevista recente que o blockchain (rede usada pelo Bitcoin e outras criptos) pode ser a internet das próximas gerações. Assim, segundo o Coin Telegraph, Rabelo afirma que pelo poder que essa rede já tem, ela possui grandes chances de expansão. Ainda que o blockchain evolua mais a cada dia, existem alguns desafios a serem vencidos para que isso aconteça.

“Como toda a tecnologia nova, o desafio principal é o da correta e adequada aplicação. As aplicações têm, de fato, que gerar valor para a sociedade, para as empresas ou para os indivíduos envolvidos, para substituir uma tecnologia que já existe, que já está em operação.”

Comenta Reinaldo Rabelo sobre o blockchain

Além disso, segundo ele, primeiro é preciso quebrar a barreira do preconceito que muitas pessoas ainda tem com as criptomoedas.

Cidade Argentina 100% cripto

Já tínhamos comentado sobre o interesse do presidente argentino em aderir o uso de criptos no país, mas San Martín de los Andes se adiantou. Isso porque essa cidade argentina está sendo considerada a primeira 100% criptos da América Latina. Segundo o Cripto Fácil, 60% dos cidadãos já conhecem o funcionamento das criptomoedas e 40% dos negócios locais aceitam Bitcoin como forma de pagamento. Além disso, um dos fatores que ajudou a tornar a cidade pioneira em criptomoedas, foi um investimento em duas fintechs locais: Buenbit e Lemon. As duas são empresas especializadas em pagamentos e usam criptomoedas.


Você já nos acompanha nas redes sociais? Siga a Ubuntu Finanças no Facebook, Instagram e Linkedin e fique por dentro das novidades.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 3 =