Bitcoin bate os US$20mil e e-commerce tem boas expectativas para o natal

Publicado por daniela mainardi em

bitcoin bate novo recorde

Bitcoin gigante

Nesta semana, o Bitcoin registrou seu maior preço histórico: US$20mil, aproximadamente R$102.100,00. Segundo os especialistas, esse marco não era esperado para esta semana. Assim, o novo recorde surpreendeu muita gente, causando empolgação nas redes sociais.

Fintechs seguem fortes

O ano de 2020 foi bem importante para as fintechs decolarem. Assim, segundo o site InfoMoney, só nos primeiros nove meses do ano este setor cresceu 34% no Brasil, promovendo R$939 milhões em aportes. Além disso, nos últimos anos foram investidos US$2,4bilhões neste mercado.
Esta guinada das financeiras digitais fez com que os bancos tradicionais tivessem que se adaptar e criar alternativas para se manter no jogo. Assim, uma destas alternativas foi o famoso PIX, que acelera o processo de pagamentos.

Compras online neste Natal

Segundo uma pesquisa da CNC(Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), as vendas online para o Natal vão ter um crescimento aproximado de 3,4% em comparação ao ano passado. Afinal, em razão da pandemia e isolamento social, o comércio online teve um aumento de 45% durante 2020. Porém, os preços dos produtos característicos de Natal não fugiram da inflação e tiveram um aumento de quase 10%. Esta elevação dos preços tem como principal influência a alta do dólar.
Por outro lado, a expectativa para o comércio, de um modo geral, não é tão promissora. Segundo uma pesquisa do CNI(Confederação Nacional do Comércio) o brasileiro pretende gastar menos em 2021. Além disso, este comportamento é reflexo de um ano de crise econômica. Muitos brasileiros passaram por dificuldades financeiras e tiveram que mudar diversos hábitos de consumo.

Vacinação cada vez mais próxima

Nesta semana anunciaram o Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra o Covid-19. Assim, o documento estabelece a ordem de vacinação partindo dos grupos prioritários. O primeiro grupo a ser imunizado é formado por trabalhadores da saúde, pessoas de 75 a 79 anos e indígenas acima de 18 anos. Contudo, a estimativa do prazo da vacinação da população em geral é de aproximadamente 16 meses. Sendo os meses iniciais para o grupo de risco e 12 meses para o restante.


Você já nos acompanha nas redes sociais? Siga a Ubuntu Finanças no Facebook, Instagram e Linkedin e fique por dentro das novidades.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 5 =