Bancos cobrarão empresas por transferências pelo PIX

Publicado por daniela mainardi em

Mudanças no PIX

Como já era especulado, alguns bancos vão começar a taxar empresas por usar a plataforma do PIX. Assim, Itaú, Banco do Brasil, Bradesco e Santander anunciaram que vão começar a aplicar esta cobrança. Além disso, as empresas também poderão ser taxadas, não só por enviar pagamentos, mas também por recebê-los. Isso porque o Banco Central não exige de pessoas jurídicas a mesma isenção de taxas das pessoas físicas. Sobretudo, CNPJs de empresários individuais e microempreendedores individuais não serão cobrados. Do mesmo modo, a Caixa e outras instituições vão manter a isenção de taxas para todos os tipos de empresas.

Paypal e as criptomoedas

No ritmo de avanço das criptomoedas, desta vez, foi o a rede de pagamentos Paypal que trouxe a novidade: vai permitir que os usuários norte americanos façam pagamentos em criptos. Assim, com essa atualização, as moedas digitais poderão ser usadas como forma de pagamento em diversos sites de compras do mundo todo. Do mesmo modo, essa novidade fará com que haja um aumento significativo no uso desses ativos. O serviço ainda não está ativo, mas estará habilitado nos próximos meses. O CEO da empresa comentou que “Esta é a primeira vez que você pode usar criptomoedas perfeitamente da mesma forma que um cartão de crédito ou débito dentro da carteira do PayPal” .

Senado aprovou multa de discriminação salarial contra mulheres

Ótima notícia: mulheres não poderão ganhar menos que os homens exercendo a mesma função em empresas. Apesar de ainda depender da sanção presidencial, este é um grande avanço na promoção de equidade salarial entre homens e mulheres. Sobretudo, segundo site InfoMoney, a multa proposta é de cinco vezes a diferença salarial que for constatada a ser paga à funcionaria lesada. Segundo informações do IBGE, de modo geral, as mulheres recebem em média 77% do salário dos homens que exercem a mesma função que elas. A única preocupação dos especialistas é como fazer a fiscalização desta medida de forma eficiente para que não ocorra mais este tipo de desigualdade.


Você já nos acompanha nas redes sociais? Siga a Ubuntu Finanças no Facebook, Instagram e Linkedin e fique por dentro das novidades.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + 8 =