Aplicativo Rappi vai aceitar criptomoedas

Publicado por daniela mainardi em

Rappi abre espaço para as criptomoedas

O aplicativo de entregas Rappi, concorrente do Ifood, anunciou que vai permitir a compra de créditos utilizando criptomoedas, segundo o Coin Times. A empresa fez o anúncio oficial essa semana de que está com um projeto piloto para pagamentos com criptos dentro do aplicativo. Assim, nesta fase inicial, o piloto acontecerá na Cidade do México e as transações com criptomoedas terão o objetivo de acrescentar créditos na conta do usuário, para serem utilizados como forma de pagamento. Além disso, segundo o presidente da empresa: “Estamos estudando com interesse o mundo das criptomoedas e acreditamos que o futuro é a interseção do mundo cripto com negócios tradicionais não-cripto, com experiências fáceis e descomplicadas para o usuário”.

Prefeitura de Maricá inovando

Na cidade de Maricá, no Rio de Janeiro, a prefeitura anunciou que dará moedas digitais para quem ajudar na coleta seletiva da cidade. Afinal, a cidade é referência na aplicação de uma moeda digital social em sua comunidade, chamada Mumbuca, segundo o Live Coins. A moeda é gerida pelo Banco Popular Comunitário de Maricá e é uma forma de repasse de dinheiro para a população. Visto que a Agência de Coleta Seletiva da cidade inaugurou há pouco tempo, a prefeitura incentiva os moradores a levem materiais reciclados no local para serem trocados pela moeda digital. Além disso, para receber a recompensa, a pessoa deve ter o cadastro no aplicativo E-dinheiro, onde cada quilo de material recolhido gera um valor.

Mastercard registra 15 pedidos de marca relacionado a criptomoedas e metaverso

A empresa de pagamentos Mastercard está se mobilizando para ocupar um grande espaço no metaverso. Afinal, recentemente, a empresa apresentou ao Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos 15 pedidos de registro de marca, segundo o Cripto Fácil. Esses pedidos estão relacionados ao metaverso, criptoativos, mercado de bens digitais, meios de pagamento e NFTs. “Estamos continuamente à procura de oportunidades para oferecer experiências novas e únicas aos nossos clientes e portadores de cartões”, comentou um porta-voz da Mastercard. Além disso, a empresa vem se inserindo no meio cripto já faz um tempo. Desde janeiro deste ano, a Mastercard fechou uma parceria com a exchange Coinbase para tornar os NFTs mais acessíveis.


Você já nos acompanha nas redes sociais? Siga a Ubuntu Finanças no Facebook, Instagram e Linkedin e fique por dentro das novidades.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 11 =